Vale a pena comprar camisas polo masculinas baratas?

Vale a pena comprar camisas polo masculinas baratas?

Por mais inconcebível que possa ser hoje na era do athleisure (roupas esportivas que se parecem com roupas íntimas), houve uma vez em que as pessoas tinham que fazer exercícios físicos com praticamente as mesmas roupas com que iam para à igreja.

No início do século XX, os homens tiveram que praticar esportes com camisas e calças, mas ainda era melhor do que as mulheres que tinham que perseguir uma bola em saias de comprimento do tornozelo e blusas apertadas. Cansado de ter que arregaçar as mangas durante as partidas de tênis, um campeão francês de tênis decidiu resolver o assunto com as próprias mãos e projetar a camisa perfeita de tênis.

A nova camisa de tênis teria mangas curtas para grande movimento, um tecido de melhor desempenho (mais sobre isso depois), e uma gola simplificada que, embora mais confortável, ainda proporciona algum tipo de formalidade.

Como são feitos tecidos?

Polos são geralmente feitos de um material de tricô, eles tendem a ser piquet ou poliéster, mas antes de explicar a diferença entre os dois devemos primeiro entender a diferença entre tecelagem e tricô.

Durante séculos, quase desde o início da civilização, os seres humanos produziram tecidos por dois métodos: tecelagem ou tricô.

Tecelagem

É o processo de intercalar fios longos uns com os outros para criar um tecido. Estes fios são colocados horizontal e verticalmente, quase como um tabuleiro de xadrez, para mantê-los juntos.

Jeans e algodão são sempre tecidos bem utilizados. Provavelmente o lugar onde o padrão do tecido pode ser melhor apreciado seria em uma cesta de palha. A tecelagem pode ser realmente simples ou muito complexa dependendo do tipo selecionado.

Tricô

As chances são de que há alguém em sua vida que pegou tricô como um hobby em algum momento de suas vidas. Ao contrário de tecelagem onde se entrelaçam diferentes fios, no tricô se usa agulhas longas para criar pontos de um único fio.

A maneira mais fácil de reconhecer o tricô é olhar o material muito de perto e se este parece diferentes tranças uma ao lado da outra, então é um tricô.

O que isso tem a ver com as Polos?

Como mencionei antes, as polos são quase sempre feitas de tecidos de malha e enquanto hoje em dia você pode encontrar polos feitos de qualquer tecido (seda e linho, entre eles) jersey e piqué são tradicionalmente os de maior popularidade.

Jersey

Um tecido de malha, que é amplamente utilizado em camisetas, ficou famoso pela primeira vez por Coco Chanel por roupas exteriores.

Antes disso, era exclusivamente associado com roupas íntimas. As polos que são feitos de Jersey têm uma textura muito mais macia e são adequados para atividades físicas.

Tricô piqué

Tornou-se o tecido “polo” graças a Lacoste. Piqué parecia uma escolha um tanto óbvia, pois é muito durável, flexível e também respira bem.

É conhecida por seu tricô geométrico. Se você olhar de perto, parece formar um padrão semelhante a de “favo de mel” ou um “waffle”.

Por que alguns polos têm pique duplo?

Assim como no duplo tricô, piqué duplo é uma técnica usada para combinar dois tipos de fios. Isso é feito por todos os tipos de razões, às vezes é para tornar um tecido mais forte ou reduzir custos combinando um material de menor qualidade com um mais alto.

Também pode ser a decisão do design, pois combinar têxteis de diferentes cores pode criar um efeito singular.

Jersey VS Piqué – Qual é melhor?

No final das contas, é somente uma questão de escolha pessoal, dependendo somente das suas pretensões de investimento e expectativas em relação ao produto. Algumas pessoas afirmam que camisas polo feitas de piquet parecem mais caras porque o tecido é mais forte e faz a gola ficar mais resistente, mas outras preferem a camisa porque é mais confortável.

Uma camisa pólo pode parecer elegante quando é feita de um material de qualidade (nem todas as camisas são iguais) e estilizada da maneira correta.

Mas, como posso dizer a diferença entre Jersey e Piqué?

Jersey:

  • Se é macio e suave;
  • Semelhante a uma camiseta;
  • É mais barato que piquet.

Rio Piqué:

  • É “texturês”;
  • É mais volumoso e pesado;
  • Respira melhor que camisa;
  • Quando você olha para ele de perto, o tecido tem um padrão “favo de mel” ou “waffle”;
  • É mais caro que a camisa.

Pique e Jersey… cada um tem seu próprio olhar e sensação. No geral, consideremos o tipo  Jersey para o conforto, e pique quando estiver fazendo algo em formalidade.

Vale ou não a pena pagar mais barato por uma camiseta polo?

Se você deseja investir em um produto de boa qualidade, então a resposta é não! Não vale a pena pagar valores mais baixos por um produto que não lhe será satisfatório. Espere pagar até mais de R$200 a R$300 por um bom polo.

Claro, às vezes um preço grande é apenas o resultado do marketing, em vez de qualidade, então certifique-se de que você está pagando por uma peça de vestuário durável e de primeira linha, em vez de uma marca.

Por outro lado, se suas expectativas são menores em relação ao produto e visa somente a estética, pode ser sim uma boa aquisição.

Deixe um comentário